Mundo

Centenas de pessoas juntam-se à família de Julen para o último adeus

Centenas de pessoas encheram hoje a entrada do cemitério de San Juan, no bairro malaguenho de El Palo, para se despedirem de Julen, o menino de dois anos que morreu após a queda num poço há duas semanas em Totalán.

“Descanse em paz” era a frase da coroa de flores da Brigada de Salvamento Mineiro que recuperou o corpo de Julen, uma das dezenas de coroas e ramos que chegaram de vários pontos de Espanha.

José Roselló e Victoria García, pais de Julen, familiares, amigos, vizinhos e responsáveis de várias entidades acompanharam a urna desde a casa mortuária – onde foi feita uma última oração em privado – até ao cemitério de ruas estreitas com campas que pareciam um mar de flores brancas.

Ver vídeo



Fonte: Correio da Manhã